Você está aqui:Blog»Corpo e Rosto»Massagem Modeladora: Bons motivos para você fazer o tratamento!

Medicina Ortomolecular
Ortomolecular significa equilíbrio das moléculas. A Medicina Ortomolecular age sobre as alterações moleculares antes que lesionem células e tecidos, ao contrário da abordagem médica convencional, que atua a partir das alterações já instaladas.

A Medicina Ortomolecular objetiva primariamente a prevenção, tratamento e manutenção dos mecanismos bioquímicos causadores de doenças crônicas, utilizando de meios mais próximos do fisiológico e natural. Medicina Ortomolecular consiste na medicina preventiva por excelência.

Objetivo:

O objetivo da Medicina Ortomolecular é recuperar e manter a saúde por meio de uma alimentação adequada e da administração de suplementos nutricionais.

Existe um equilíbrio no nosso organismo entre nossas defesas anti-oxidantes (AC) e os radicais livres (ROS). Um dos objetivos da prática da medicina ortomolecular é manter este equilíbrio em favor dos anti-oxidantes (fatores de proteção celular).

Medicina Ortomolecular age eliminando ou diminuindo os radicais livres formados no corpo por uma série de fatores como exposição a toxinas, poluentes, fumaça, medicamentos, atividade física, estresse, inflamação, doenças e outros. Estes radicais livres causam danos nas células levando ao aparecimento de diversas doenças atuais e crônicas.

O objetivo da medicina ortomolecular é buscar o equilíbrio nutrológico preventivo, ou seja, impedir que uma fase intermediário de perturbação da função do organismo evolua para um estágio clínico de doença grave instalada.

Com esse fim, a medicina ortomolecular se aliada a uma nutrição diferenciada como a nutrição funcional trazendo grandes benefícios aos indivíduos. Um organismo mal nutrido torna-se alvo fácil de doenças e de envelhecimento precoce.

Hoje se sabe que nós não somos aquilo que comemos, mas que digerimos, transportamos, utilizamos e excretamos. Ou seja, tem muito mais que somente "repor" as vitaminas e minerais.

A alimentação correta é a principal ferramenta para que haja absorção destes suplementos e melhora do quadro como um todo. É preciso melhorar a inflamação, o estresse, a produção de radicais livres em excesso, a digestão, o transporte, a utilização e excreção. Todos os nossos órgãos tem que estar interligados para que haja uma eficiência no organismo como um todo.

Não basta, portanto, confiar apenas numa dieta bem balanceada: é preciso complementá-la. São inúmeros os estudos que comprovam a ação terapêutica e preventiva de suplementos alimentares, como Vitamina C, Vitamina E, Beta Caroteno, Selênio, Zinco e Magnésio. Os suplementos são imprescindíveis para quem deseja viver mais, com saúde e vigor, e também muito valiosos no tratamento de problemas específicos de saúde.

Quem precisa de Medicina Ortomolecular?

  • Pessoas saudáveis que desejam viver muito e com super-saúde.
  • Pesoas que não se sentem muito confortáveis com a própria saúde.
  • Pessoas doentes que desejam a cura ou, ao menos, a possibilidade de atenuar ou estacionar as manifestações da doença.

Todo indivíduo deve ser submeter a uma avaliação ortomolecular, independente da idade e/ou de doenças já instaladas, pois por melhor que seja a nossa tentativa de buscar uma melhor qualidade de vida, as situações cotidianas que vivemos do tipo, sobrecarga emocional, estresse, má alimentação, a falta de atividade física, poucas horas de sono, acabam desbalanceando nossas células com conseqüências à nossa saúde.

Como é feito

Este atendimento é feito por um profissional médico ortomolecular. Há a realização de exames sanguíneos e mineralograma para que sejam detectadas as quantidades de minerais e vitaminas do corpo e os radicais livres existentes. Os exames são sempre indicados pelo médico e de acordo com cada metabolismo.

A prática da medicina ortomolecular deve ser feita de maneira personalizada pois vários mecanismos causadores de desequilíbrios bioquímicos do organismo devem ser avaliados.

Alguns princípios da medicina ortomolecular:

  • Individualidade bioquímica: cada organismo têm a sua própria individualidade bioquímica que deriva de sua herança genética e influência ambiental. O que é bom para uma pessoa pode não ser bom para a outra pessoa, devido a individualidade bioquímica e hormonal que cada organismo possui.
  • Foco no paciente: foco no paciente é diferente de foco na doença. Na prática da medicina ortomolecular é mais importante equilibrar o organismo como um todo, para que o próprio organismo se restabeleça, ao invés de tratar a doença sintomaticamente.
  • Equilíbrio dinâmico entre o meio externo (ambiente em que vivemos) e o interno (nosso organismo). Fatores externos como poluição e stress interferem no nosso meio interno (organismo) e fatores internos interferem no modo como lidamos com o ambiente externo (sociedade, família e etc).
  • Interconexões entre os diversos sistemas fisiológicos: As pesquisas avançam e comprovam a interconexão de todo o nosso sistema no organismo. Por exemplo: alteração imunológica provoca doenças cardíacas; distúrbios hormonais provocam doenças mentais, deficiências vitamínicas causam doenças no sistema neurológico, ou seja, todo o nosso organismo esta interconectado.
  • Saúde como vitalidade: Saúde não é somente ausência de doença. Saúde quer dizer bem estar físico e metal, ou seja, sentir sua plenitude de energia e vitalidade.
  • Promover a desintoxicação natural do organismo: meios naturais de promover a limpeza do organismo ajudam no processo de equilíbrio físico e mental.

A Medicina Ortomolecular investiga os seguintes desequilíbrios clínicos e laboratoriais de maneira global:

  1. Desequilíbrio do Organismo relacionado ao Meio Ambiente
  2. Desequilíbrio Inflamatório e Imune
  3. Desequilíbrio Microbiológico, Digestão e Absorção
  4. Desequilíbrio Estrutural da função da membrana celular para sistema Músculo Esquelético
  5. Desequilíbrio da Mente, Espírito, Emoção e Comunidade
  6. Desequilíbrio Hormonal e Neurotransmissor
  7. Desequilíbrio de Detoxificação e Biotransformação
  8. Desequilíbrio de Oxidação-Redução e Mitocondriopatias

Benefícios:

A Medicina Ortomolecular promove a saúde de três formas:

  • Ação Preventiva não deixando que as manifestações patológicas aconteçam
  • Ação Curativa tratando as doenças que se manifestam
  • Ação sobre a Idade Biológica ou Envelhecimento
  • A medicina ortomolecular pode fornecer grandes resultados no retardo do envelhecimento, não só no seu aspecto, mas também na clareza do seu raciocínio à medida que a idade avança!

 MIDAS Medicina & Estética

Av. Nilo Peçanha 50 grupo 1.113 - Centro – Rio de Janeiro -RJ
(21) 2240-5941 / 2240-6863