fbpx
Você está aqui:Blog»Corpo e Rosto»Elimine Medidas e Celulite com Manthus e a Drenagem Linfática.
Segunda, 11 Janeiro 2016 18:17

Olheiras: O que fazer agora?

Avalie este item
(0 votos)

Elas aparecem abaixo dos olhos, mas tomam conta de nossa cabeça! Olheiras: porque existem essas manchas tão terríveis?

Nada pior que chegar ao trabalho e ouvir de um colega: “nossa, você está com olheiras, não dormiu bem?”. Pois é, mas essa pergunta acontece com mais frequência do que muita gente gostaria e faz parte da rotina de qualquer pessoa que tenha tido uma noite mal dormida ou sofra de insônia e revelam uma inimiga da beleza: as olheiras!

O que são as olheiras?
Olheiras, aquelas manchas que aparecem ao redor dos olhos e que achamos serem sempre resultado de noites mal dormidas, na verdade são uma hiperpigmentação na face provocada por um depósito de melanina, aparece por vários motivos: podem ter origem genética, cansaço, stress, trabalho exagerado, cigarro, excesso de bebidas alcoólicas, noites mal dormidas, grande ingestão de cafeína, período menstrual. Nesses casos, elas se originam pela dilatação dos vasos sanguíneos, que são chamadas pelos médicos de congestão vascular. Assim que o organismo se recupera, esse problema desaparece. Mas as olheiras podem ser causadas por questões genéticas, a etnia e, nesses casos, costumam ser permanentes com a tendência de aumentar com o avanço da idade.

Fatores que contribuem para o aparecimento de olheiras
Vários fatores podem estar associados ao aparecimento ou mesmo ao agravamento das olheiras. Listamos a seguir alguns dos mais comuns:

  • Privação de sono
  • Genética
  • Falta de hidratação
  • Perda de Colágeno
  • Exposição ao sol
  • Alterações Hormonais
  • Medicamentos

Como funciona o tratamento contra olheiras?
Antes de tudo é preciso realizar a avaliação e identificar as causas das olheiras no paciente. Feito isso, a próxima etapa é iniciar o tratamento que pode ser realizado com peelings, drenagem linfática, carboxiterapia (que oxigena a região) e laser de CO2 fracionado.

Quantas sessões são necessárias?
O número de sessões depende, varia segundo o tipo de tratamento adotado.

Com os tratamentos, a região da pálpebra ganha em vigor e elasticidade, a flacidez diminui e, há o clareamento e, por consequência, também contribui muito para melhorar o aspecto geral do rosto.

Algumas Dicas

Manter o sono em dia é essencial, sendo que quem dorme pouco mantém os olhos cansados, o que pode dilatar os vasos sanguíneos e provocar o surgimento de edemas nas pálpebras que fazem a mancha ficar realçada.

A prática de exercícios regularmente inibe o cansaço, descarrega toda tensão e evita o stress. Qualquer mudança positiva em sua rotina, além de prevenir as olheiras, beneficia a saúde e o bem estar. 

Para disfarçar essas olheiras que aparecem casualmente, alguns truques podem ajudar.

Uma compressa com chá de camomila gelado ajuda a diminuir a dilatação dos vasos sanguíneos.

Hidratar a região com algum tipo de creme para a área dos olhos, que normalmente trazem em sua formulação componentes clareadores, também pode ser benéfico.

Cosméticos à base de vitaminas A, C, E, K também agem na elasticidade da pele, suavizando as rugas que podem acentuar as olheiras.

A maquiagem também é bem-vinda na hora de esconder as olheiras. Veja as dicas:

Aplique um corretivo com um tom mais claro que a base (prefira corretivos líquidos, que ajudam a hidratar a pele da região), dando leves batidinhas com as pontas dos dedos, em toda a região abaixo dos olhos, no cantinho interno dos olhos e na pálpebra superior; finalize com base e pó facial, mas sem excesso de produto, que pode realçar ao invés de esconder as olheiras.

Informações adicionais

  • Responsável pela Gestão de Conteúdo: Pegasus Web Solution - Agência de Comunicação, Marketing e Publicidade Digital
Ler 2315 vezes

Gostou, Curta!

Saúde e Bem Estar