Quinta, 11 Junho 2020 00:00

Melasma - Como combater?

Escrito por Equipe de Gestão de Mídias Sociais - Andrômeda Informática
Avalie este item
(0 votos)

Sabe aquelas manchinhas escuras que aparecem no rosto após a exposição ao sol sem protetor solar? Elas são denominadas de melasma e acometem mulheres na faixa etária entre 20 e 50 anos.

O melasma surge em áreas que permanecem expostas ao sol como face, braços e colo. O problema é que o sol não é o único culpado pelo seu surgimento. Fatores hormonais, predisposição genética e algumas doenças também pode desencadear as manchas.

Você pode começar a desconfiar a sua mancha é melasma quando ela possui uma tonalidade escura ou acastanhadas, principalmente nas maçãs do rosto, no nariz, na lateral dos braços. “Algumas pessoas associam as manchas com o uso de cosméticos, mas a sua relação não está comprovada cientificamente. No entanto, esses produtos podem irritar a pele e agravar ainda mais o melasma”, explica Caroline Tavares, esteticista do Fit Body Pilates Spa & Estética.

As manchas tem solução?

A boa notícia é que existem tratamentos eficazes para tratar as manchas escuras que incomodam. Confira quais procedimentos estéticos ajudam combater o melasma!

Peeling de diamante + peeling químico: a microdermoabrasão ou peeling de diamante promove a remoção mecânica da camada superior da pele, o que melhora a circulação sanguínea superficial, estimula a formação de colágeno, elastina e ácido hialurônico, levando a melhora de cicatrizes de acne, de rugas finas e auxilia na remoção de manchas de pigmentação. Este método pode ser associado ao peeling químico, que acelera o clareamento das manchas. Os mais utilizados são o de ácido retinóico, ácido glicólico, solução de Jessner e o ácido salicílico.

Vitamina C: a vitamina C é muito utilizada no rejuvenescimento e no clareamento da pele, estando disponível em forma de gel, creme e emulsão. A vitamina C também ajuda aumentar o colágeno e a elasticidade da pele, além de reduzir as manchas.

Luz intensa pulsada: há algumas formas de energia luminosa que podem ajudar no conjunto de medidas para clarear o melasma. Esta modalidade de tratamento deve ser realizada com cuidado para não gerar mais pigmentação, motivo pelo qual deve ser realizado por um profissional habituado às fontes de energia luminosa.

Cuidados para o tratamento do melasma

Existem diversos tratamentos para o melasma, mas alguns cuidados são essenciais e sem eles dificilmente se alcançará bons resultados:

1.Evitar se expor ao sol: esse é o principal cuidado no tratamento de melasma. O sol é o principal responsável pelo seu surgimento.

2.Usar filtro solar adequadamente: para um bom tratamento do melasma, o dermatologista provavelmente vai prescrever um filtro com boa proteção UVB (FPS) e UVA (PPD), que deve ser reaplicado a cada 2 ou 3 horas.

Os tratamentos para melasma variam, mas é importante que o paciente sempre se proteja contra os raios ultravioleta e a luz visível, além de procedimentos para o clareamento e uso de medicamentos tópicos e/ou orais. O protetor solar deve ter FPS mínimo de 30.

Informações adicionais

  • Responsável pela Gestão de Conteúdo: Pegasus Web Solution - Agência de Comunicação, Marketing e Publicidade Digital
Ler 19 vezes

Gostou, Curta!

Saúde e Bem Estar