fbpx
Você está aqui:Blog»Dicas de Saúde e Beleza»Cuidados com o corpo nos dias de calor intenso
Segunda, 07 Setembro 2015 08:13

Qual seu tipo de Acne? Saiba como tratar cada um.

Avalie este item
(0 votos)

É importante esclarecer que não existe um único tipo de acne, pois cada caso demanda um tratamento diferente. Vamos ver quais são os principais.

Problema comum na adolescência, a acne muitas vezes continua aparecendo na fase adulta e, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, é o principal fator que leva as pessoas a consultarem um médico para cuidar da pele.

A acne é uma doença de pele que causa o aparecimento de espinhas e cravos no rosto, pescoço, braços ou costas e que pode ter diversas causas, como mudanças hormonais, estresse e fatores climáticos.

Tipos de acne e como tratar

Acne Grau 1Acne não Inflamatória ou Comedônica:  Forma mais frequente de acne, que surge durante a adolescência e que é caracterizada por cravos, sem lesões inflamatórias, na testa, nariz e bochechas. O tratamento pode ser feito com cremes ou loções de uso tópico, como o Sabonete com Enxofre e Ácido Salicílico ou o Adapaleno Gel, prescritos pelo dermatologista. O Roacutan não deve ser utilizado neste tipo de acne.

Acne Grau 2 - Acne Pápulo-pustulosa:  Presença de cravos, espinhas e pápulas, que são elevações da pele e em maior número do que a acne leve, que podem inflamar. O tratamento pode ser feito com medicamentos tópicos, como a Tretinoína, por exemplo, associados a antibióticos de uso tópico, como Clindamicina, Eritromicina ou Peróxido de Benzoíla, por exemplo, indicados pelo dermatologista. Tal como na acne grau 1, o Roacutan não deve ser utilizado neste tipo de acne.

Acne Grau 3 - Acne Nódulo-quística:  Uma das mais severas formas de acne que se caracteriza pela presença de nódulos internos sob a pele, no rosto, costas e tórax. Geralmente, o tratamento requer, além do mencionado para a acne grau 2, o uso de Roacutan seborreica, que deve ser prescrito pelo dermatologista.

Acne Grau 4 - Acne Conglobata:  Tipo de acne caracterizada por um conjunto de lesões próximas umas das outras com pus que se formam, especialmente, nas costas e tórax, mas que pode afetar também o rosto. O tratamento normalmente é feito com medicamentos como o Roacutan, prescritos pelo dermatologista.

Acne Grau 5 ou Acne Fulminante:  Forma rara de acne que surge repentinamente e é acompanhada de febre e mal estar. É mais comum nos homens, geralmente se manifesta no peito, costas e rosto e o tratamento pode ser feito com medicamentos tópicos, remédios orais e cirurgia.

Além disso, existem outros tipos de acne relacionados com a causa que a originou e que não estão incluídos nesta classificação em graus, como por exemplo:

Acne Neonatal:  Presença de espinhas e cravos no rosto do recém-nascido devido a alterações hormonais que desaparecem espontaneamente por volta dos 3 meses de idade.

Acne Medicamentosa: Acne causada pelos efeitos colaterais de alguns medicamentos, como anticoncepcionais, doses fortes de vitamina B, tratamentos hormonais ou contendo cortisona.

Acne Solar: Tipo de espinhas que surge após exposição solar intensa e dá origem a microquistos, principalmente na testa, e pápulas vermelhas na zona das bochechas. Porém, o tratamento nestes casos é feito de acordo com a gravidade podendo se aplicar apenas cremes ou se o médico indicar tomar remédios.

Acne genética: Se os pais têm cravos e espinhas, possivelmente os filhos também terão. Nesse caso o tratamento é mais complicado, pois é um tipo de acne que costuma aparecer no rosto todo e não tem uma causa específica, mas sim uma predisposição genética. Por ser um pouco mais grave, é necessário um tratamento mais rigoroso com antibióticos ou isotretinoína, sempre com acompanhamento médico, pois alguns remédios possuem efeitos colaterais e necessitam de um cuidado maior.

Mitos da acne

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, esses fatores têm pouco efeito sobre a acne:

  • Alimentos gordurosos e chocolate têm pouco ou nenhum efeito sobre o desenvolvimento ou curso da acne
  • Acne não é causada pela sujeira. Na verdade, esfregar a pele com muita força ou a limpeza com sabonetes abrasivos e produtos químicos irrita a pele e pode piorar a acne. Fazer uma simples limpeza da pele para remover o excesso de óleo e células mortas é tudo o que é necessário.

As diferentes formas de tratamento para acne podem variar dependendo da gravidade do caso. 

O tratamento da acne foca em reduzir a produção de óleo na pele, acelerar a renovação celular, combater à infecção bacteriana e reduzir a inflamação. Em alguns casos, a pele pode piorar antes de ficar melhor.

O dermatologista pode recomendar um medicamento tópico - para aplicar na pele - ou medicações via oral, como Azitromicina e Roacutan. Medicamentos orais para acne não devem ser usado durante a gravidez, especialmente durante o primeiro trimestre.

O tratamento da acne inclui:

  • Cremes tópicos de venda livre
  • Cremes tópicos disponíveis com prescrição
  • Antibióticos, que podem ser combinados com outros produtos tópicos ou orais
  • Contraceptivos orais
  • Isotretinoína oral
  • Procedimentos cosméticos, como peeling químico e microdermoabrasão, lasers, luz pulsada.
  • Tratamento da cicatriz da acne

Procedimentos estéticos que são indicados para diminuir as cicatrizes deixadas pela acne:

  • Preenchimento facial com ácido hialurônico
  • Peelings Químicos
  • Dermoabrasão
  • Microdermoabrasão
  • Laser e tratamentos de radiofrequência
  • Microcirurgias para retirar as cicatrizes de acne

O dermatologista é o médico especialista para orientar o melhor tratamento para a eliminação da acne e também das cicatrizes que ela pode deixar.

Se você gostou dessa dica, compartilha esse post com seu amigos.

Informações adicionais

  • Responsável pela Gestão de Conteúdo: Pegasus Web Solution - Agência de Comunicação, Marketing e Publicidade Digital
Ler 5305 vezes

Gostou, Curta!

Saúde e Bem Estar