fbpx
Você está aqui:Blog»Corpo e Rosto»Três Tratamentos para Diminuir os Poros do Rosto!
Segunda, 14 Setembro 2015 15:14

Bigode Chinês: Descubra qual a melhor técnica para combatê-lo

Avalie este item
(0 votos)

A profundidade do Bigode Chinês - esses sulcos que se formam entre o canto do nariz e a boca - determinam o tipo de tratamento ideal, que variam de cremes com ativos próprios a cirurgia plástica.

Bigode Chinês pode ser sinal de tempo, já que a linha de expressão também é resultado do envelhecimento, mas também consequência de alguns hábitos errados. Os primeiros indícios dessas marcas podem aparecer já a partir dos 30 anos, caso seja um traço hereditário.

É possível, no entanto, atrasar o aparecimento da ruga, que é uma das mais temidas pelas mulheres, e até mesmo esconder seu aspecto.

Linhas de expressão: como evitar de forma natural

Aposte no filtro solar e cremes específicos
Para prevenir quaisquer sinais do tempo, é sempre recomendável o uso de filtro solar. Mas também existem e de produtos específicos à base de ácidos retinóico, glicólico e hialurônico que podem ajudar a retardar e até suavizar o problema.

Pratique massagem e ginástica facial
Para tonificar a pele, relaxar possíveis tensões musculares e promover a oxigenação do local, invista em exercícios de ginástica facial ou alguns minutinhos de massagem. Você pode fazer sozinha, num momento de relaxamento, ou junto com aplicação do hidratante.

Troque vício por hábito saudável
Claro que cuidados adicionais com a saúde do organismo, como não fumar, ter uma alimentação rica e bem hidratada, evitar efeito sanfona previnem o aparecimento das marquinhas. Mas atenção ainda para outros hábitos viciados, como os de fazer caretas, mastigar de um lado só da mandíbula, ou dormir amassando o rosto.

A partir dos 40 a marca, que deixa a expressão cansada, faz a pessoa parecer mais velha e cansada, fica ainda mais profunda por conta da flacidez de pele e da perda natural de gordura do rosto. Mas é possível reverter a situação, seja qual for a sua idade.

A Ginástica facial, hidratação e proteção contra fatores externos e o sol podem evitar ou retardar seu aparecimento.

Se a prevenção falha, uma opção é recorrer aos métodos estéticos, para a remoção total ou parcial do “Bigode Chinês”.

Ao combate

A novidade para quem tem sulcos médios ou profundos e prefere um tratamento menos invasivo – e dolorido – é o adipofill. Incluído em cosméticos manipulados, ele é produzido a partir de um aminoácido chamado l-ornitina, que aumenta o tamanho das células de gordura da região e preenche o espaço deixado pelas rugas.

O resultado aparece a partir do primeiro mês de uso se o produto for aplicado pela manhã e à noite. Apesar de não ter contraindicação nem efeitos colaterais, o adipofill exige prescrição médica.

Quando o sulco é suave e não há excesso de pele, a correção é feita por preenchimentos que podem ser permanentes ou temporários. O tratamento com polimetilmetacrilato (permanente), a hidroxiapatita (semipermanente) e o ácido hialurônico (temporário com duração de até um ano).

Para quem quer um efeito ainda mais rápido os dermatologistas costumam indicar um velho conhecido: o preenchimento com ácido hialurônico. A substância, que é injetada nas rugas com uma agulha fina e uso de pomada anestésica, atrai água para as células, deixando-as inchadas e diminuindo o vão causado pela perda de volume no local. Esse efeito dura de oito meses a um ano, quando o ácido hialurônico é absorvido pelo organismo. 

Porém, se além do Bigode Chinês pronunciado a pele estiver flácida, a melhor solução é partir para o lifting. Nessa cirurgia os excessos são retirados e a pele e a musculatura são reposicionadas a partir de pequenos cortes feitos em pontos estratégicos, como atrás das orelhas. Se ainda assim a marca persistir, dá para associar ao procedimento a chamada lipoenxertia de gordura. Nela, a gordura é extraída do joelho, da barriga ou da coxa da paciente, tratada e injetada no sulco. 

Se você gostou dessa dica, compartilha esse post com seu amigos.

Informações adicionais

  • Responsável pela Gestão de Conteúdo: Pegasus Web Solution - Agência de Comunicação, Marketing e Publicidade Digital
Ler 3741 vezes

Gostou, Curta!

Saúde e Bem Estar