Você está aqui:Blog»Corpo e Rosto»Saiba qual a melhor opção para restaurar o volume facial?
Terça, 16 Fevereiro 2016 16:00

O que são Estrias, como se formam e como tratar.

Escrito por Equipe de Gestão de Mídias Sociais - Pegasus Web Sulution
Avalie este item
(0 votos)

Mas o que são essas estrias? Elas “surgem” quando bem querem e escolhem qualquer lugar para isso? E – principalmente – como é possível eliminá-las e prevenir o surgimento de outras?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, as estrias são cicatrizas atróficas, isto é, cicatrizes que não conseguiram se desenvolver por completo e que se formam quando há uma destruição nas fibras elásticas e colágenas da pele.

Verdadeiras “vilãs” da nossa vaidade, especialmente para o universo feminino, as estrias são lesões que se formam principalmente quando há algum tipo de aumento do volume corpóreo, como no caso do ganho de peso, da gravidez, do implante de próteses mamárias e em decorrência do rápido ganho de medidas por meio da musculação, principalmente quando associada ao uso de anabolizantes.

Em todos esses casos, ocorre uma distensão abrupta na pele, o que é bastante comum quando se entra na puberdade ou quando se cresce rapidamente, num curto intervalo de tempo (o chamado “estirão da puberdade”). Isto acontece porque, ainda que a pele tenha a capacidade de se esticar e se encolher de acordo com o desenvolvimento físico de cada pessoa, há um limite para essa elasticidade. Já as demais causas são efeitos colaterais relacionados ao uso de hormônios e ao tratamento prolongado com corticoides, além da predisposição genética.

Nas mulheres, o mais comum é encontrar estrias localizadas nos seios, no abdômen, flancos, glúteos e coxas. Nos homens, as áreas mais vulneráveis são os ombros, os braços e as costas, sendo que o crescimento rápido e o ganho de peso também são fatores determinantes no aparecimento de estrias no corpo masculino.

As estrias nos seios costumam estar associadas à gravidez; no abdômen, à gravidez e ao ganho de peso; nos ombros, ao rápido ganho de massa muscular; nos quadris e nas coxas, ao ganho de peso e ao estirão da puberdade.

Roxas e Brancas: por que há duas cores de estrias e como tratar cada uma?

Ainda de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, as estrias róseas/arroxeadas são mais recentes, acompanhadas por um processo inflamatório local, podendo até mesmo causar alguma coceira. As estrias brancas, por sua vez, são mais antigas, sem o envolvimento de qualquer inflamação. O embranquecimento significa que já ocorreu uma atrofia mais intensa das fibras colágenas e elásticas, de modo que o tratamento dessas estrias é um desafio maior. Já em pessoas de pele negra, a coloração das estrias pode apresentar um tom mais escuro.

Mesmo não sendo uma ameaça à saúde, as estrias geram um grande desconforto estético, podendo até mesmo causar grandes abalos psicológicos. E, embora não exista cura total e o adeus às estrias brancas seja mais difícil, existem procedimentos capazes de amenizá-las de forma expressiva, conquistando resultados que fazem crer que elas sequer existiram.

É justamente com esse objetivo que o Midas Medicinas e Estética indica o Laser CO2 Fracionado, a Carboxiterapia e o Peeling de Diamante, oferecidos pela própria Clínica a fim de que tanto as estrias arroxeadas (melhor fase para tratá-las) quanto as brancas alcancem uma melhora significativa, tornando-se praticamente invisíveis.

Para realizar algum desses modernos e eficientes tratamentos, basta entrar em contato e agendar uma avaliação.

E, para prevenir novas estrias, a recomendação (que não vale para as grávidas nem para os adolescentes em fase de crescimento) é evitar o ganho de peso. Por isso mesmo, alimentar-se de forma equilibrada e praticar atividade física (com moderação) são ações muito positivas, assim como manter o corpo sempre hidratado (o que auxilia na manutenção de uma pele hidratada), já que somar esses “risquinhos” é uma conta negativa para a autoestima de qualquer pessoa.

Informações adicionais

  • Responsável pela Gestão de Conteúdo: Pegasus Web Solution - Agência de Comunicação, Marketing e Publicidade Digital
Ler 1195 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Gostou, Curta!

Saúde e Bem Estar