fbpx
Você está aqui:Blog»Corpo e Rosto»Harmonização Facial - Principais Procedimentos
Quarta, 13 Mai 2015 16:51

Ácido hialurônico: conheça a substância que combate o envelhecimento da pele e suas formas de uso.

Avalie este item
(0 votos)

Este ácido, que pode ser comercializado sob a forma de comprimidos e cremes ou aplicado através de injeções, deve ser sempre indicado por um dermatologista ou cirurgião plástico.

O ácido hialurônico é uma substância usada no combate às rugas que, geralmente, apresenta ótimos resultados, pois suaviza as rugas e linhas de expressão provocadas pela idade, diminui a flacidez da pele e aumento do volume de bochechas e lábios, por exemplo. Além disso, também, pode ser usada na correção de cicatrizes após acne e olheiras muito vincadas.

O que é o ácido hialurônico

O ácido hialurônico é uma substância naturalmente presente no organismo humano. Do ácido hialurônico no nosso corpo, 56% dele está na pele, onde ele atua preenchendo o espaço entre as células, o que a mantém lisa, elástica e bem hidratada. Porém, com o tempo, sua concentração na pele diminui, o que causa o aparecimento de rugas e também seu ressecamento.

Desde 1996, no entanto, começou-se a usar o ácido hialurônico animal na pele para tratar as rugas e recuperar o antigo viço. Hoje, ele pode ser de origem animal (vindo da crista do galo) ou por biotecnologia (através da fermentação bacteriana). Independente da fonte, o ácido hialurônico é submetido a uma série de procedimentos químicos visando à obtenção do produto final, o hialuronato de sódio, com a menor concentração possível de proteínas (quer sejam de origem animal ou bacteriana) ou ainda de endotoxinas bacterianas. Ao final do processo de purificação é obtido o produto final na forma de gel purificado, que pode ser aplicado diretamente na pele ou fazer parte da composição de cosméticos.

Como usar o ácido hialurônico

Geralmente, o ácido hialurônico presente na pele vai diminuindo com o envelhecimento e, por isso, a hidratação e elasticidade da pele diminui, o que provoca o surgimento de rugas, marcas e manchas na pele.

Desta forma, para rejuvenescer a pele, pode-se usar ácido hialurônico através de aplicação de cremes, de comprimidos ou mesmo através de injeções na pele.

1. Preenchimento facial com ácido hialurônico injetável

O ácido hialurônico injetável é, um produto em forma de gel, indicado para preencher rugas, sulcos e linhas de expressão do rosto, normalmente ao redor dos olhos, cantos da boca e testa. Também é usado para aumento do volume dos lábios e bochechas e, para corrigir olheiras e cicatrizes de acne.

Como aplicar: o ácido hialurônico deve ser sempre aplicado por um dermatologista ou cirurgião plástico em clinicas de dermatologia. O profissional faz pequenas picadas no local que se pretende aplicar o ácido e usa anestesia local para diminuir a sensibilidade e a dor das picadas. Este procedimento demora em média 30 minutos, não sendo necessário internamento;

Resultados: Os resultados da sua aplicação surgem imediatamente após o procedimento e duram entre 6 meses até 2 anos, dependendo do organismo de cada pessoa, da quantidade de gel e da profundidade e quantidade de rugas.
Após a aplicação do ácido é comum surgir dor, inchaço e hematoma no local, que geralmente desaparece ao final de uma semana, no entanto para diminuir o desconforto pode-se aplicar gelo com uma compressa durante 15 minutos várias vezes ao dia.

2. Creme com ácido hialurônico

O creme que contêm ácido hialurônico promove a hidratação da pele, pois retém grande quantidade de água, dando à pele uma aparência firme e lisa. Este produto deve ser usado por homens e mulheres a partir dos 45 anos de idade.

Como aplicar: O creme com ácido hialurônico deve ser aplicado diretamente na pele, 3 a 4 vezes por semana, devendo-se passar uma pequena quantidade por todo o rosto, após fazer uma limpeza da pele.

Resultados: A aplicação dos cremes com ácido hialurônico têm melhores resultados na prevenção do que no tratamento das rugas, no entanto, pode ser aplicado quando a pessoa já apresenta a pele enrugada, ajudando a hidratar a pele e dando-lhe um aspeto mais saudável e jovem.

A aplicação de cremes com este ácido, normalmente não provoca efeitos secundários, porém, em algumas pessoas pode surgir uma reação alérgica, levando a sintomas como pele avermelhada ou coceira e, nesses casos deve suspender a sua aplicação e consultar o dermatologista.

3. Cápsulas com ácido hialurônico

As cápsulas ou os comprimidos com ácido hialurônico têm um forte poder antienvelhecimento, pois ajudam a reparar os tecidos e a manter a elasticidade da pele, porém só devem ser tomados por indicação do dermatologista, já que também podem ser usados para tratar problemas de olhos e ossos.

Quando tomar: Deve-se tomar 1 cápsula por dia com uma das refeições, ao jantar, por exemplo e, apenas devem ser tomados durante o tempo indicado pelo médico, sendo que normalmente não é tomado por mais de 3 meses.

Efeitos adversos: Geralmente, estes comprimidos com ação anti-rugas não provocam reações adversas.
Além disso, este remédio para além de tratar também previne e retarda o aparecimento das primeiras rugas e das rugas mais profundas, tornando-as mais finas, por isso, pode se tomar estes comprimidos ainda antes das rugas surgirem.

Indicações do ácido hialurônico

O ácido hialurônico é indicado principalmente para:

  • Melhorar oviço da pele
  • Suavizando rugas e outras marcas da idade 
  • Contorno de face, lábios (contorno e volume)
  • Sulcos naso-labiais
  • Sulco naso-jugal (olheiras)
  • Rugas faciais
  • Repor volume em face, mãos e algumas regiões corporais

Além disso, uma outra técnica em que o ácido hialurônico é usado é a volumização do rosto, sendo aplicado na região dos malares, mandíbula e nas laterais do rosto. Isso é indicado principalmente com o passar dos anos, pois em algumas partes do rosto o tecido subcutâneo é perdido com a idade. Nesse método, ele pode ser aplicado com microcânulas, o que traz mais conforto e segurança para a aplicação, e também é usada uma anestesia local.

Por fim, o ácido hialurônico também pode ser usado para melhorar processos ortopédicos e/ou reumatológicos articulares e na oftalmologia, no chamado humor vítreo, que contribui na forma esférica dos olhos.

Hoje o ácido hialurônico é uma das substâncias mais usadas em preenchimentos, pois um implante reabsorvível, biocompatível e não há relato de hipersensibilidade. É também um dos pilares do rejuvenescimento por hidratar o local de forma intensa.

Informações adicionais

  • Responsável pela Gestão de Conteúdo: Pegasus Web Solution - Agência de Comunicação, Marketing e Publicidade Digital
Ler 7357 vezes

Gostou, Curta!

Saúde e Bem Estar