fbpx
Você está aqui:Blog»Corpo e Rosto»Saiba as causas e os tratamentos para pele oleosa
Sexta, 27 Março 2015 18:19

Ácido Hialurônico

Avalie este item
(0 votos)

O preenchimento com o uso do ácido hialurônico além de melhorar a região dando volume ou corrigindo imperfeições, estimula a formação de colágeno no local, mais um componente natural que diminui com a idade.

Ácido hialurônico é uma substância produzida naturalmente pelo corpo humano. Sua função é preencher os espaços entre as células, de modo a mantê-las bem hidratadas. Além disso, age dando volume, sustentação e elasticidade para a pele. A explicação ao fato de perdermos parte da elasticidade com o passar dos anos está diretamente ligada diminuição da produção de ácido hialurônico.

Quando jovem, o organismo produz essa substância de forma abundante, mas, quando envelhecemos, quase não a produzimos, sendo assim, sua produção é praticamente inversamente proporcional à idade da pessoa.

Visto que sua pouca produção faz com que se perda elasticidade, foi desenvolvido para fins estéticos, diversos produtos com propósito de hidratar a pele prevenir a formação de rugas.

Foi desenvolvido, também, o preenchimento cutâneo, possibilitando preencher rugas mais profundas, cicatrizes, depressões, contornar a mandíbula, o queixo, maçã do rosto, e dar volume aos seios e nádegas. Para o preenchimento com ácido hialurônico, a principal indicação é a região dos lábios, pois consegue um aspecto ainda mais natural que outros produtos.

O preenchimento com o uso do ácido hialurônico além de melhorar a região dando volume ou corrigindo imperfeições, estimula a formação de colágeno no local, mais um componente natural que diminui com a idade.

Outra indicação para a utilização do ácido hialurônico, é para as pessoas que têm receio quanto ao resultado do preenchimento (o que é completamente compreensível), uma vez que o ácido hialurônico é um produto absorvível pelo organismo em aproximadamente 10 meses.

Preenchimento com ácido hialurônico:

O tratamento de preenchimento com ácido hialurônico é bastante simples e com curta duração (variando entre 15 e 60 minutos). Sob anestesia local, o médico injetará o ácido hialurônico no local desejado com uma microcânula (ou mesmo com agulha dependendo da área), sem a necessidade de cortes.

Por isso, é considerada uma plástica minimamente invasiva, com o mínimo de sangramento, onde o paciente permanece acordado durante a sessão. Em razão da ausência de cortes, permite o retorno imediato do paciente às atividades rotineiras.

Riscos do preenchimento com ácido hialurônico:

Por estar presente no corpo humano, é raro que ocorra algum problema de rejeição em relação ao ácido hialurônico, podendo provocar no máximo uma vermelhidão no local, áreas endurecidas e hematomas, com pouco tempo de duração.

Informações adicionais

  • Responsável pela Gestão de Conteúdo: Pegasus Web Solution - Agência de Comunicação, Marketing e Publicidade Digital
Ler 2748 vezes

Gostou, Curta!

Saúde e Bem Estar